SEMINÁRIO:

CULTURA, INFÂNCIA E JUVENTUDE - 3ª edição

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO!

31/05/19 (sexta-feira)

 

   MANHà  

 

9H - CREDENCIAMENTO

9H30 -  PALESTRA :  Ao contrário, as cem existem.

A Pedagogia da Escuta, imortalizada na experiência educacional da primeira infância na Reggio Emilia no pós-guerra, imortalizada na poesia "Ao contrário, as cem existem", do italiano e precursor desta Pedagogia, Loris Malaguzzi, é emblemática ao dar voz à criança pequena e colocar em cena as suas cem linguagens, sobretudo, as linguagens artísticas, concebendo-as como autênticas e sensíveis produtoras de cultura.

Expositora: Daniela Radel (Especialista em Artes Visuais na Educação Infantil, psicanalista, psicopedagoga, doutora em Educação e Contemporaneidade - UNEB (Universidade do Estado da Bahia) 

 

10H30 - MESA: Experiências de arte na escola

Expositora: Professora Joelma Serra, Pós graduada em Literatura Infantil (UNEB) e Metodologia do Ensino da Arte (IBEPEX)

Professora Mel Nascimento, licenciada em teatro e mestranda do ProfArtes UFBA 

 

12h30 - INTERVALO ALMOÇO

 

 

   TARDE   

 

14H - MESA:  Linguagem e identidade: discursos que constroem diferentes formas de ser.

Expositores: Sandro Sussuarana, Poeta e Produtor do Sarau da Onça, Articulador de Jovens e Mobilizador Social

Ian Andrade Cavalcante (Diretor), Doutorando em Educação (UFF). Realiza pesquisas sobre história da educação da população negra e Professora Dra. Bárbara Carine Soares Pinheiro (Consultora Pedagógica): Professora da UFBA, Mestrado e Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências (UFBA/UEFS). Realiza pesquisas na área de relações étnico-raciais no Ensino de Ciências e Formação de Professorxs. (Ambos representantes da Escolinha Maria Felipa.)

                            

16H  - MESA:  A arte e as diferentes narrativas para as infâncias.

Expositores: Renato Dias (Diretor de Arte e de Animação. Idealizador  projeto AUTS, feito juntamente com seu filho autista e sua família) e

Professor José Rêgo (Pinduka), Mestre em Educação (UFBA), brincante, músico do Canastra Real.  

 

 

18H - ENCERRAMENTO

01/06/19 (sábado)

 

   TARDE   

 

(Observação: As oficinas acontecerão das 14 às 17h, simultaneamente em espaços diferenciados e as inscrições ocorrerão no CREDENCIAMENTO no dia 31.05)

 

OFICINA 1 -  Corpo e Memória

Com: Patrícia Leitão, professora e coreógrafa da Escola de Dança da Funceb (Salvador/Ba) de 2010 a 2018, atua como professora de Balé Clássico desde 1994 em diversos espaços, entre eles o Grupo Cultural de Dança, Escola de Dança Hortencia Mollo.

A ideia da oficina é identificar e relacionar a memória impressa no corpo com as experiências vividas lembradas ou esquecidas. Procurar uma movimentação que identifique quem somos levando em consideração nossa trajetória pessoal.

 

OFICINA 2 -  Brincando de virar o olho  – Memórias, Afetos e                   Histórias.

Com:Alexandre Geisler ( mestre em Artes Cênicas pelo  PPGAC/UFBA, é ator, educador e contador de histórias.  Fundou a Pé de Causos Trupe de Contadores em 2016)

           

A partir de jogos e exercícios teatrais e da socialização de técnicas para a narração de histórias      a oficina visa a pesquisa, criação e apresentação de      pequenas contações de histórias.

 

OFICINA 3 - Do corpo ao digital: oficina de experimentação                    didático-musical

            Com: Raidén Coelho (Mestre em música, educador) 

            Público-alvo: Profissionais da educação, professores              e/ou coordenadores pedagógicos envolvidos, direta ou              indiretamente com o desenvolvimento da disciplina                  Artes em geral e/ou o componente curricular "Música"              em específico, na Educação Básica"

Festival Petiz © 2019